10 dicas de sobrevivência para cabelos crespos/cacheados no inverno

Uma vez fui para Buenos Aires, um frio do cão e em nenhum dos dias tive coragem de lavar o cabelo. Na época não existia blog, não usava difusor e foi como? Sete dias só no truque. Um horror bem horroroso porque o cabelo ficou preso de várias formas. Embolou horrores, ficou imundo (tenho pavor) e na volta foi aquela maratona para voltar a vida. 

Anos depois... 

Nada como entender um pouco do riscado para ver como funciona, não é? 
Ter um incentivo como a Fefê Evangelista que mora no país que vários dias fica com a temperatura em graus negativos e ela lá toda montada no cacheado, é tudo! 
Depois da terra dos hermanos já fui para locais bem frios e o cabelinho ficou xuxu! 
Már como, menina?

Eu explico!

Aproveitando a época mais fria, onde a umidade do ar cai e o ressecamento tem mais tendência a aparecer, aí vão algumas dicas.

1. Cabelo Hidratado - Importante estar em dia com as hidratações de sempre, aquela básica 1x por semana, como exemplificado no cronograma. Tá, é difícil porque ficar com o cabelo úmido, cheio de creme não é animador, mas pra tudo tem um jeito. Confesso que o tanque é o meu melhor aliado nessa época. Geralmente lavo o cabelo com shampoo no banho, me agasalho toda, faço a hidratação e enxáguo o cabelo no tanque. Somente a cabeça sofre com o frio. =D

2. Utilizar shampoos e condicionadores hidratantes - Quanto mais reposição de água, nutrientes, melhor. Uso sempre shampoo perolado com agentes hidratantes ou condicionantes. Os shampoos transparentes tenho a impressão de que são mais para limpeza do que hidratação. Ainda vou perguntar as minhas mestras se isso confere. Pode ser só cisma, mas sempre acho o efeito diferente.

3. Borrifador - Amigo número 1 nesses dias quando o cabelo está limpo ou com até dois dias ver água. É o companheiro que ajuda a dar uma umidade no cabelo sem encharcar e você pode usar aquele finalizador MARA para dar um up. Aqui tem um link, um post antigo, como uso o do borrifador nesses casos. 
Dá uma olhada em Ressuscitando os cachos

#ressuscitasenhor

4. Difusor - No exemplo do item 3 dou uma acelerada no processo de secagem com o difusor, temperatura baixa. Só para ajudar a ir mais rápido. Aqui tem um exemplo de como uso o difusor. 

5. Não abusar do calor - Isso vale tanto para lavar o cabelo com água muito quente, como para o uso de difusor / secador. Temperaturas altas acabam com o cabelo com uso contínuo. 

6. Usar um finalizador termo ativador - Além de proteger contra o calor do secador, ativa substâncias para deixar o cabelo bonito. Nem sabia, mas Cíntia falou que o Curlesque é esse tipo de produto. Tem muitos outros por aí. Não conheço bem, confesso. Quem tiver dicas, multiplica nos comentários, por favor. ;o)

7. Utilizar sempre um finalizador para definir - Para quem é novo por aqui, uso sempre para classificar os finalizadores como para definir e hidratar. Tem a explicação aqui. Nos dias mais frios carrego mais nos finalizadores de definição. Como é uma época em que o frizz fica mais presente, os produtos para definir seguram bem mais. Além dos cremes, os mousses e géis sem álcool são ótimos também. 

Finalizador para definir + difusor

8. Utilizar óleos no dia a dia - No link com o exemplo de como uso o borrifador tem as dicas de como usar o óleo. É um super aliado aos dias frios porque ele dá aquela segurada nas vitaminas tão importantes aos fios. A umidade nessa época vai embora muito fácil, o ressecamento vem com tudo e o cabelo parece que incha de tanto ressecamento. Hidratar e nutrir são fases indispensáveis. Pode usar umas gotinhas de óleo antes do finalizador para dar aquele up também. Uso como aliado na natação para não ressecar com o cloro e explico como faço nesse link.

9. Evitar prender - Muitas vezes o frizz fica incontrolável e não tem jeito. O elástico se torna o salvador da pátria. Mas evitar pender é importante para não quebrar os fios. Voltei de Buenos com o cabelo bem quebrado porque não adiantar prender, né? Tem que ficar com olhinhos de japonesa. Aí que o cabelo sofre... E quebra é aquilo. Só tem jeito o cabelo crescendo de novo.

10. Lavar o cabelo 2 vezes na semana para evitar a caspa - Essa é uma dica que as friorentas não vão gostar, mas que acho necessário pontuar. Importante não deixar de lavar a cabeleira, pelo menos 2x na semana para evitar problemas no couro cabelo como a caspa. Por não suarmos tanto nessa época, lavar 3x pode ser exagero, mas 2x acho fundamental. Nós cacheadas / crespas usamos finalizadores e nesses dias, mesmo que seja para dar um up, usamos mais produtos. Imaginem: uma camada de finalizador em um dia, dia seguinte mais um pouquinho, no outro dia mais um pouquinho. Chega um hora que o cabelo / couro só acumulam e não têm um descanso, não respiram. Essas várias camadas acabam aumentando a oleosidade do couro e consequentemente pode surgir a caspa.

É isso queridos! Diquinhas básicas para aturar o frio com glamour.

Quem tiver mais alguma dica, participe nos comentários. ;o)

Bjs!



Compartilhe:

Sobre a Crespa

Claudia Montelage é cantora, botafoguense, libriana, sócia da Dois Versos e desde de 2012 pilota o blog "Eu Sou Crespa". Resenhas, tendências, transição, indicação de salões e profissionais, exemplos reais, aceitação e valorização do cabelo natural fazem parte dos temas abordados nesse espaço dedicado aos cabelos crespos e cacheados.!

3 comentários:

  1. Dicas otimas ! Só tenho a dizer que no meu caso eu inverto a ordem na hora de lavar. Eu lavo o cabelo fora do banho, hidrato e depois vou pro banho enxaguar tudo, pelo menos me da mais coragem enfrentar o frio assim :)

    ResponderExcluir
  2. Excelentes dicas!
    O difusor salva nesses dias mais frios, eu até gosto pois meu cabelo fica bem mais definidinho se seco com o auxilio do dele

    Bjkas

    Jackie Make Up & Beauty

    ResponderExcluir
  3. Oi Cláudia!Sempre que surge a oportunidade acesso ao blog.Gosto bastante das
    dicas.
    Beijos!
    Leitora.

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Em breve seu comentário será publicado.