Semana teste: Creme para pentear Pantene FP 50

E aí, meus bens? Zuzu bem?

Vamos a historinha do produto de hoje. Preparadas?

Ia me ater na resenha, mas resolvi fazer a semana teste. =D

Sabe quando você cai na armadilha de marketing e só se dá conta em casa, lendo com calma? Pois então... Assim como Ju Silva, que comentou quando postei a foto das comprinhas, também achava que o creme tinha filtro solar. :-/

Bem feito, né? Não para pra ler e só olha a estampa. Atura o fuén!

Isso nada mais é que uma boa jogada de marketing. Você cai que nem um patinho e só se dá conta tempos depois. Em pleno verão, olha um rótulo assim, summer edition, FP50 e plim! Acha que o produto está todo trabalhado na proteção solar. A-hãn...

Por isso, meus bens! Não compre na correria como eu, achando que está abafando. Pare e leia o bendito rótulo. Erro primário, mas vamos nessa.

Enfim... o tal do FP 50 não é fator de proteção. É Fator Pantene com base no nível de condicionantes do produto. Oi?

É. Também não entendi. Fora isso, nada de uma informação mais decente. Pegadinha do Malandro, yéh- yéh! kkkkk

Clique nas imagens para aumentar. ;o)

Pantene FP50
Creme para pentear Pantene FP50

Vamos as impressões.

Eu tenho uma certa cisma com os cremes de pentear da Pantene porque acho que pesam demais, deixam o cabelo com muito resíduo, mesmo utilizando pouca quantidade e não dá aquele brilho thãn! Acabo usando combinado com um outro porque passo menos dele e mais do outro. 

No quesito cheiro acho que é sempre o mesmo em qualquer linha da marca. Não sou fã, mas também não me incomoda. Segura a definição nas pontas, mas peca no frizz da raiz a metade do comprimento.
Paguei 11,50 dinheirinhos na farmácia perto de casa.

Primeiro dia

Usei em todos os dias para lavar e condicionar a dupla da Acquaflora Sol, Mar e Piscina que ainda não resenhei, mas já passo o bizú que é excelente!

No primeiro dia usei o Creme para pentear Pantene FP50 sozinho. 
Pense num frizz com o passar do tempo. Pois é... foi esse mesmo que ficou. :-/


Segundo dia

No segundo dia, após lavar e condicionar, usei algumas gotinhas nas mechas do Super Óleo 8 divo da Fructis (sim, falta resenha. Ui!) antes de passar o creme da Pantene. Já deu um super up. Achei o melhor resultado das combinações.


Terceiro dia

No terceiro dia, mesmo processo de lavar e condicionar. Usei dessa vez o Óleo de Macadâmia da Yenzah antes de passar o creme. Ficou bom, mas achei que combinado com o óleo da Fructis ficou melhor.


Minha opinião:

Tirando a implicância que garrei com essa história de não ter filtro solar, pra mim é um creme que não faz "aquela diferença" no cabelo. Existem outros bem melhores e com preço similar. Ele só deu um resultado legal quando combinei com óleo. Sozinho ele não segura o frizz.


Na avaliação final do teste, considerando as notas de 0 a 10, levou:



 * * * * * * * * * * 
5

E porque 5?

- Sozinho não faz verão.
- Não segura o frizz com o passar do tempo.
- Deixa resíduo.
- Não contribui para o brilho.


Só porque estou boazinha hoje. =D

Beijos!


Compartilhe:

Sobre a Crespa

Claudia Montelage é cantora, botafoguense, libriana, sócia da Dois Versos e desde de 2012 pilota o blog "Eu Sou Crespa". Resenhas, tendências, transição, indicação de salões e profissionais, exemplos reais, aceitação e valorização do cabelo natural fazem parte dos temas abordados nesse espaço dedicado aos cabelos crespos e cacheados.!