Spray para pentear - Como usar

Pessoas queridas!!

Eu sei, eu sei... estou devendo a listinha de produtos para nutrição e reconstrução.
Tô fazendoooo! Juro! 
Como na hidratação, estou pesquisando para indicar os que dão bons resultados.
Aguardemmmmmmmmmmmmm!!

Hoje vou falar mais um pouquinho do up capilar pós dormida. Época mais fria chegando e sabem como é... ânimo zero para molhar a cabeleira.
A Aline, minha grande amiga, é EXPERT nisso. Diz ela que só dorme com o cabelo pra cima. Eu, que "me remexo muito dormindo", acordo como? Leãozinho.
Mas me senti desafiada a conseguir tal feito desde que ela me revelou tal façanha. Até já falei sobre isso por aqui e aqui

Como meu arsenal de sprays aumentou, bora falar mais.

Arsenal de sprays. Deixei a mousse do Frizz-Ease porque uso da mesma forma que vou explicar.

Aí vocês vão me perguntar a diferença entre todos.
Bom...de fato os gringos, Gliss Kur, da Schwarkopf (presente da Aline, amei!) e os 2 produtos do John Frieda, Dream Curls e Take Charge possuem uma fixação anos luz melhor do que os nacionais. Não precisa de nenhum retoque. Passou? Se encaminhe pra vida despreocupada. Fica até o sol raiar. A diferença é grande. Enquanto isso, com os nacionais, precisa rolar aquela borrifada de vez em quando pro cacho não farofar.
Efeito colateral de TODOS: não deixa o cabelo macio. Deixa domado, reduz o frizz e ponto. No toque rola uma aspereza.

E quando podemos lançar mão dos sprays?
Quando no dia anterior você usou produtos que deixaram os cachos bem definidos ou depois de uma bela hidratação. Não precisa estar todo definido. A maior parte já vale.
Nesse dia aqui eu usei o finado Leave-on da Ox e o Curlesque (só um pouquinho nas pontas). Estava chovendo nesse dia. Gosto de dar uma reforçada no creme de definição.

Bora pras fotos:

Análise da situação

Tem um frizz gritante no topo, mas o resto dá pra salvar. Confie!
Para dormir, coloco o cabelo beeeem no topo e prendo, sem dar voltas, com um elástico forrado. Se achar que vai marcar, pode usar qualquer prendedor que deixe o cabelo bem frouxo. Não pode apertar.

L.U.X.O! ;o)

E aí, abaixo, a constatação de que: EU ME REMEXO MUITO dormindo, estilo o King Julien de Madagascar! 

Cadê Maurice???

Úia!

Farofas - how!
Faz como agora????
Muito simples! Borrifador de água, bem de leve, sem enxarcar, na cabeleira, antes de usar o spray.
Importante: se tiver que usar toalha pra secar algum pingo, depois de passar o borrifador com água, é porque exagerou. Beeeeeem de leve, meu povo porque ainda vem o spray.

Foto da esquerda, BÚ! Só tirando o elástico e foto da direita, com algumas borrifadas de água.
Usei o Dream Curls, beeeeeem líquido, da marca John Frieda.

A borrifada desse spray é muito concentrada. Um jatão forte em um só lugar. Prefiro borrifar na mão e espalhar, como um leave-in, no cabelo todo. Aqui também é de leve, povo. Lembrem-se que já tem finalizador do dia anterior no cabelo. Visualiza que é só uma camadinha bem fininha que vamos passar.
Lembrando que: o cabelo não tem só a parte de cima. Tem abrir as meiucas para passar também.

Cabelo finalizado com spray.
Daqui já pode ir pra vida. Eu dei uma leve prendida com arco porque ia encontrar meu afilhado. Já viram, né? Não para, não para, não para não!

Prontinho!

Horas depois...seco.

Os cachinhos deram uma encorpada.
Resultado

Ainda dá pra cair na night. Rá! ;o)


Beijos!!



Compartilhe:

Sobre a Crespa

Claudia Montelage é cantora, botafoguense, libriana, sócia da Dois Versos e desde de 2012 pilota o blog "Eu Sou Crespa". Resenhas, tendências, transição, indicação de salões e profissionais, exemplos reais, aceitação e valorização do cabelo natural fazem parte dos temas abordados nesse espaço dedicado aos cabelos crespos e cacheados.!